Programação gratuita no "Férias no Memorial" - Santa Tereza Tem
Logo

Programação gratuita no “Férias no Memorial”

Em janeiro, o Memorial Vale traz uma série de atividades para o público infantil como oficinas, jogos, espetáculos, brincadeiras, literatura, artes plásticas e diversão no mês de janeiro. O público mirim poderá aprender a produzir tintas a partir de pigmentos terrosos e experimentar seu uso de diferentes formas; aprender sobre a arte de fazer papel a partir da reciclagem, da utilização de plantas, sementes e pigmentos naturais; realizar experimentos científicos que investigam as transformações da matéria ao produzir os próprios xampus e sabonetes; construir bonecos a partir da utilização de materiais reaproveitáveis e muito mais.

Durante três semanas, o “Férias Divertidas no Memorial” vai oferecer 13 atividades para as crianças. As inscrições estarão abertas a partir do dia 10 de janeiro pelo site https://memorialvale.com.br/pt/ .


De 03 de janeiro a 04 de fevereiro

Durante o funcionamento do Memorial Vale

Kit Trilha da Infância
A criançada poderá “explorar” o Memorial de maneira mais divertida e interessante durante as férias. Utilizando um kit com mapa, lupa, espelho, lanterna e binóculo, num jogo lúdico que atiça a curiosidade e o interesse. Os itens poderão ser solicitados na recepção. Ao final da visita, ele deve ser devolvido para que outras crianças possam vivenciar a experiência.

Dias 17 de janeiro a 2 de fevereiro – quartas, quintas e sextas, às 10h30
Toda sexta, sessão com intérprete de libras.
Caçadores da Memória
A equipe do Memorial Vale vai contar com a ajuda do público infantil para encontrar memórias perdidas. Crianças e educadores vão explorar os vestígios da memória deixados pelo museu, usando ferramentas especiais para desvendar esse mistério. A atividade para crianças de 5 anos ou mais, adolescentes e seus acompanhantes. Os ingressos devem ser retirados 30 minutos antes de cada sessão.


Dias 17 de janeiro a 4 de fevereiro – quartas, quintas, sextas, sábados e domingos às 11h e 14h
Sábados, às 11h, com intérprete de libras.
Visitas Brincantes
Uma visita ao museu pode ser também uma brincadeira? As crianças descobrem as histórias de Minas Gerais através de roteiros divertidos que resgatam diferentes aspectos da cultura mineira, percorrendo as exposições permanentes e temporárias. Podem participar crianças de 4 anos ou mais, adolescentes e seus acompanhantes. Os ingressos deverão ser retirados 30 minutos antes de cada sessão.

Dias 17, 24 e 31 de janeiro – quartas às 14h
Oficina de Pintura: Cores de Minas
O Vale do Jequitinhonha é uma região de Minas Gerais que se destaca na produção de cerâmicas de uso doméstico e decorativo, coloridas a partir de uma diversidade de pigmentos terrosos. Nesta oficina, as crianças vão produzir tintas a partir de pigmentos terrosos e experimentar seu uso de diferentes formas. Crianças a partir de oito anos podem participar da oficina que tem duas horas de duração. As inscrições são gratuitas e limitadas pelo site do Memorial Vale.

Dias 18 e 25 de janeiro, 1º e 4 de fevereiro
Quintas, dias 18 e 25 de janeiro, às 18h, com intérprete de libras.
Quinta, 1º de fevereiro, às 18h / Domingo, 4 de fevereiro, às 14h.
Tralalá

Uma aventura pelos caminhos das Gerais no jogo Tralalá. A atividade é voltada para crianças a partir dos 6 anos. Os ingressos deverão ser retirados 30 minutos antes de cada sessão.

Dias 18 e 25 de janeiro e 1º de fevereiro – quintas às 14h
Oficina de Papel Artesanal
. Nesta oficina será ensinada um pouco sobre a arte de fazer papel a partir da reciclagem, da utilização de plantas, sementes e pigmentos naturais. Crianças a partir de cinco anos podem participar da oficina que tem duas horas de duração. As inscrições são gratuitas e limitadas pelo site do Memorial Vale.

Dias 19 e 26 de janeiro e 2 de fevereiro – sextas às 14h e às 15h
Oficina Ninho de Leitura
. Em um ambiente especialmente organizado para as crianças pequenas,  imagens, cores, texturas e sons ajudam a construir uma experiência literária, contando com a participação e a invenção dos bebês, crianças e seus cuidadores. Estão convidados bebês e crianças com até cinco anos e seus acompanhantes. A atividade dura uma hora e para participar é preciso fazer a inscrição gratuita pelo site do Memorial Vale

Dia 20/01 (sábado) – às 11h
MiniFestival de Teatro Lambe Lambe, com Grupo Girino
O MiniFestival de Teatro Lambe Lambe agrega espetáculos nas técnicas de Teatro de Bonecos em Miniatura, espalhados pelo Memorial Minas Gerais Vale. Os espetáculos possuem curtas narrativas apresentadas dentro de caixas em que o espectador observa através de um visor. Essa linguagem também é conhecida como Teatro Lambe Lambe.

Dias 20 e 27 de janeiro e 3 de fevereiro – sábados às 14h
Oficina de Cosméticos Naturais, com Tatiana Neves
A química Tatiana Neves irá realizar experimentos científicos que investigam as transformações da matéria ao produzirmos nossos próprios xampus e sabonetes. Estimulando os sentidos e o aprendizado científico, vamos combinar sais, óleos vegetais e essenciais, corantes naturais e ervas aromáticas. Crianças a partir de quatro anos podem participar da oficina que tem 1h30 de duração. As inscrições são gratuitas e limitadas pelo site do Memorial Vale.

Dia 21 de janeiro (domingo) – às 11h – com intérprete de Libras
Espetáculo Aquarela: um show cênico, com o Grupo Maria Cutia
Notas e versos que passeiam pelos coloridos das falas do tatibitate, de uma aula de dança, de alguns trava-línguas, de uma valsa de dois bonecos de pano, de uma tradicional família moderna, de medos, de expressões com animais vistas à pata da letra, de um carnaval sem instrumentos e aquarelados. Retirada de ingressos 30 minutos antes de cada sessão na recepção do Memorial Vale (apenas um ingresso por pessoa).

Dia 27 de janeiro (sábado) – às 10h30 – com intérprete de Libras
Oficina Eco Bonecos, com Grupo Girino
A oficina Eco Bonecos tem como objetivo a experiência plástica de construir bonecos a partir da utilização de materiais reaproveitáveis. Os participantes terão a oportunidade de desenvolver projetos de criação de personagens e sua posterior confecção. A atividade é própria para crianças acima de cinco anos e as inscrições são gratuitas e limitadas pelo site do Memorial Vale.

Dia 28 de janeiro (domingo) – às 10h30 – com intérprete de Libras
Bloco Todo Mundo Cabe no Mundo
O Bloco Todo Mundo Cabe no Mundo desfilou pelas ruas de Santa Efigênia pela primeira vez em 2016, mas essa ideia começou em 2012, a partir da iniciativa “Preconceito Zero – Todo Mundo Cabe no Mundo”, do artista plástico Marcelo Xavier e de um grupo interessado em tornar o mundo um lugar aberto e diverso. Sob a bandeira da inclusão, nossa ideia de carnaval é a de afirmação da festa como manifestação popular, democrática, gratuita e aberta ao espaço da rua.

Bloco Todo Mundo cabe no mundo – Fotógrafa Sofia Cordeiro

Dia 03 de fevereiro (sábado) – às 11h – com intérprete de Libras
Espetáculo “Para Chicos”, com Grupo Maria Cutia
Uma viagem pelo cancioneiro de Chico Buarque com o olhar lúdico da palhaça Begônia (Mariana Arruda), que tenta ser bailarina, mas vira palhaça e entra no mundo do Circo Roliúde com sua banda animal. Em cena, clássicos das trilhas de Os Saltimbancos, Os Saltimbancos Trapalhões e outras canções. Retirada de ingressos 30 minutos antes de cada sessão na recepção do Memorial Vale. Um ingresso por pessoa.

Dia 25 de janeiro (quinta) às 19h – com intérprete de Libras
Samba da Meia-Noite
O Samba da Meia-Noite é um grupo de cultura popular, nascido em 2012, formado por percussão, sambadores e sambadeiras que trazem em seus corpos e musicalidades as heranças, lembranças e vivências ancestrais de uma cultura singular, tendo suas expressões nos batuques, pisadas, chulas e requebrados. Após o sucesso do lançamento de seu primeiro álbum com o nome “Eu sou de Minas Gerais”, a proposta é um show com as principais canções entoadas no CD. A apresentação integra o projeto Diversidade Periférica, com a curadoria de Paulo Victor e Negona Dance. Retirada de ingressos 1h antes do evento (apenas um por pessoa).

Samba da Meia Noite – Foto Pablo Bernardo

Até 25/02/2024

Exposição “CATA – Mudanças Climáticas e Catadoras”
O Memorial Vale está recebendo a exposição CATA – Mudanças Climáticas e Catadoras, da artista plástica e fotógrafa Verônica Alkmim França, que busca valorizar o trabalho das catadoras de resíduos no cenário de mudanças climáticas. A curadoria é da própria fotógrafa e da socióloga Sonia Maria Dias. CATA é composta por 24 imagens feitas em várias cooperativas e retratam a intimidade da coleta de resíduos. Durante o projeto CATA, sete catadoras participaram de uma oficina de imagem com a técnica Cianotipia, na qual os resíduos foram matéria-prima para uma nova experimentação na qual as catadoras produziram imagens, as quais podem ser vistas na Midiateca e nos vídeos junto a exposição. A mostra reflete o encontro entre as artes plásticas, a sociologia e a educação popular através da cooperação entre a rede internacional Mulheres no Trabalho Informal Globalizando e Organizando (WIEGO em inglês) e a Universidade de Sheffield. A exposição fica até 25 de fevereiro de 2024 e tem entrada gratuita.

Até 28/01/2024
Exposição Sob o Mesmo Céu, de Sylvie Moyen
Exposição de fotografias da mineira Sylvie Moyen apresenta imagens de viagens ao Peru, Papua Nova Guiné, Mongólia, Myanmar e Índia. Nascida em Belo Horizonte (1973), Sylvie Moyen é filha de imigrantes europeus. Ainda criança, ela ficou fascinada pela pequena máquina que seu pai carregava no pescoço e aprendeu com ele a fazer registros simples de viagens em família. No ateliê de sua mãe ela tinha funções como a de misturar tintas e criar novas cores. É bacharel em Comunicação Social pela UFMG (1994) e mestre em Belas Artes (MFA) pela Indiana University (Bloomington, 1999). Por mais de 20 anos trabalhou como designer gráfica, sempre tendo a fotografia como atividade paralela. Em 2017 migrou definitivamente para a fotografia, unindo duas paixões: viajar pelo mundo e realizar registros poéticos de sua diversidade. Integra o projeto Mostra de Fotografia, com curadoria de Eugênio Sávio.

Até 10/03/2024
Exposição Imagens que Não se Conformam
A exposição reúne obras do acervo do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB), em diálogo com produções de artistas contemporâneos mineiros. A mostra apresenta peças e obras raras que remetem aos períodos colonial, imperial e republicano do Brasil. A exposição Imagens que Não se Conformam tem patrocínio do Instituto Cultural Vale.

Visitas mediadas à exposição Imagens que Não se Conformam
Os educadores do Programa Educativo propõem visitas mediadas autorais com roteiros sobre as obras do acervo do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB), em diálogo com produções de artistas contemporâneos mineiros. Aos sábados ás 11h (com intérprete de libras) e às 15h; e aos domingos às 11h e 14h,

Serviço: Memorial Minas Gerais Vale
Endereço: Praça da Liberdade, nº 640, esquina com Rua Gonçalves Dias, Savassi.
Horário de funcionamento: Quarta, sexta e sábado: das 10h às 17h30, com permanência até as 18h. Quinta, das 10h às 21h30, com permanência até as 22h. Domingo, das 10h às 15h30, com permanência até as 16h.
Entrada Gratuita
As inscrições para as atividades pelo site https://memorialvale.com.br/pt/ 


Anúncios